• Home
  • Información general
  • Salones
  • Simposio: Sentidos de Justiça, Ilegalismos e Criminalidade em Perspectiva
EmailPrintExportar ICS

Simposio: Sentidos de Justiça, Ilegalismos e Criminalidade em Perspectiva

Evento

Título:
Simposio: Sentidos de Justiça, Ilegalismos e Criminalidade em Perspectiva
Cuándo:
Thu, 8. June 2017, 09:00 h - 16:00 h
Dónde:
Edificio: 67 Salón: 203 - Bogotá,
Categorías:
2. Antropología en y sobre lo público, Simposio: Sentidos de Justiça, Ilegalismos e Criminalidade em Perspectiva
Coordinador 1:
Juliana Melo, UFRN, Brasil
Coordinador 2:
Marcus Cardoso, UNIFAP, Brasil
Comentarista:
Carolina Lemos, UNB, Brasil
Comentarista 2:
Marcos César Alvarez , Universidade Estadual de São Paulo/USP e vinculados ao Núcleo de Estudos da V
Campo personalizado 6:
Fernando Salla, Universidade Estadual de São Paulo/USP e vinculados ao Núcleo de Estudos da Violênci

Descripción del evento

Coordinadores

Juliana Melo, UFRN, Brasil

Marcus Cardoso, UNIFAP, Brasil 

Comentaristas

Carolina Lemos, UNB, Brasil

Marcos César Alvarez , Universidade Estadual de São Paulo/USP e vinculados ao Núcleo de Estudos da Violência, Brasil

Fernando Salla, Universidade Estadual de São Paulo/USP e vinculados ao Núcleo de Estudos da Violência, Brasil

 Resumen:
O Simpósio busca promover a articulação de pesquisas que abordem o sentidos de justiça, ilegalismos e criminalidade. O objetivo é estimular a discussão no que diz respeito às estratégias, reflexões e manifestações acionadas institucionalmente ou por aqueles que praticam ou praticaram atividades ilícitas ou ilegais. A proposta é reunir trabalhos voltados para a análise de mecanismos de controle dessas práticas, seja em suas formas institucionais, seja em práticas não institucionalizadas. O debate pretende fomentar a discussão sobre a articulação entre os ordenamentos jurídicos, ilegalismos e as práticas sociais e evidenciar a complexidade que marca o acesso e a distribuição de direitos no Brasil. Privilegiaremos trabalhos resultantes de pesquisas de campo e que considerem o ponto de vista dos interlocutores. De outro modo também buscaremos contribuir para a reflexão acerca dos dilemas éticos, morais e políticos envolvidos no campo pretendido.

Ponencias

Sesión I

Jueves 8 de junio

9:00 – 11:00 am

 

Puxando pena: os sentidos nativos da pena de prisão em cadeias do distrito federal

Carolina Lemos, UNB, Brasil

                       

Moralidades, insultos e noções de justiça a partir da repercussão do “caso Amarildo”.      

Marcus Cardoso, UNIFAP, Brasil

           

A mulher bandida: sua identidade, resistência e sujeição.     

Leonardo Alves Santos, UNB, Brasil

           

Tempo e espaço na pesquisa sobre o controle social de jovens no Brasil: etnografando prontuários de internos nos anos 1930

Luiz Claudio Lourenço, UFBA, Brasil

 

Sesión II

Jueves 8 de junio

11:00 -  1:00 pm

 

Ressignificação do termo “pornografia de vingança”: caminho para a busca de direitos    

Trindade Lorena , USP, Brasil

 

Audiências de custódia: as violências das prisões em flagrante em São Paulo          

Ana Luiza Villela de Viana Bandeira, PPGAS – USP, Brasil              

 

Defensoria Pública do Estado de São Paulo: uma análise dos sentidos de ativismo entre defensores(as)     

Juliana Tonche, Universidade de S ão Paulo, Brasil

 

De chamba en chamba, o el espacio y la economía del contrabando en el espacio fronterizo de Arica-Tacna           

José Miguel Muñoz Valenzuela, Instituto de Arqueología y Antropología IAA (UCN/UTA). CONICYT, Chile           

 

Sesión III

Jueves 8 de junio

2:00 – 4:00 pm

 

Gatas Preas: poesias e histórias de mulheres em situação de cárcere.          

Natália Firmino Amarante, UFRN, Brasil                    

 

Moralidades encerradas. Un analisis de entramados morales en un penal de hombres en San Carlos de Bariloche (Río Negro, Argentina)       

Florencia Martinez Adorno, Universidad Nacional de Rio Negro, Argentina              

 

El discurso de la "dulce violencia contra la mujer" frente al delito de violación en la dogmática penal de Colombia y de América Latina. 

Diana Isabel Molina Rodriguez, Universidad de Nariño - Universidad Cooperativa de Colombia, Colombia 

Milena Passos Blanco, Universidad de Nariño, Colombia

 

Entre “instituição indígena” e “milícia”, de “guarda indígena” a “polícia de mentira”: interpretações inter e intra-étnicas e suas articulações em relação a uma experiência de policiamento indígena pataxó   

André Rego, Instituto Federal de Brasília, Brasil


Lugar

Lugar:
Edificio: 67 Salón: 203
Campus:
Universidad Javeriana
Ciudad:
Bogotá
País:
Colombia